quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Piada do ano: "Polícia prende promotor Igor"

A Polícia de SP anunciou a prisão do ex-promotor Igor Ferreira da Silva como um troféu. Foragido havia quase nove anos, ele fora condenado a 16 anos e 3 meses de prisão pela morte da mulher Patrícia Aggio Longo, grávida de sete meses. Quando a notícia chegou, quem acompanhava o caso de perto achou estranho (eu, por exemplo). Como a polícia tinha prendido o ex-promotor sem ter sequer uma pista do paradeiro dele? Mas essa foi a manchete na segunda-feira (19): "Promotor Igor capturado pela Polícia Civil".
A divulgação oficial foi a seguinte: um telefonema anônimo levou a polícia até Igor Ferreira da Silva. Historinha difícil de acreditar já no início. Depois, então, ficou impossível...
Foram registrados DOIS boletins de ocorrência. Um, às 16h05, diz que o ex-promotor se apresentou "ESPONTANEAMENTE". O outro, às 17h16, afirma que policiais receberam uma denúncia, realizaram diligências e "LOGRARAM ÊXITO" em prender o ex-promotor. Trechos dos dois boletins de ocorrência estão abaixo. Em qual você acredita?


Nenhum comentário:

Postar um comentário