sábado, 1 de maio de 2010

Notícia velha que sempre se repete

Na última semana, fiz quatro reportagens. Três delas foram sobre espancamento, tortura e assassinato cometidos por policiais militares de São Paulo. Em um deles, Pms foram presos acusados de espancar um motoboy até a morte dentro de um quartel.
Em outro, um rapaz foi espancado ao meio-dia de um domingo, na frente de uma igreja. O padre até pediu pra que os policiais parassem, mas os Pms ameaçaram prender o padre.
No último, os policiais prenderam dois ladrões. Torturaram a dupla, roubaram a arma deles e soltaram os bandidos. No dia seguinte, sem farda, os Pms voltaram para matar os rapazes. Um deles foi baleado no meio da rua, na frente de uma base da PM. Os "colegas" em serviço chegaram a prender os homens que atiraram no jovem. Mas como eram policiais, ficou por isso mesmo. Os matadores foram liberados e o rapaz levado pro hospital.
Colegas com quem encontrei durante essas dias me perguntaram:
- "Nossa... o que tá acontecendo?"
Tenho respondido assim:
- "O de sempre".

Nenhum comentário:

Postar um comentário