segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Marta Suplicy e Netinho de Paula

Eleição é sempre assim. A gente vê coisas que antes eram inacreditáveis. Uma delas era assistir em comícios e entrevistas Marta Suplicy (PT) ao lado do cantor Netinho (PC do B), sorrindo e até sambando. Ambos concorreram ao senado por São Paulo. Até quem não gosta de Marta Suplicy concorda que a história dela se confunde com a luta pelos direitos das mulheres. Só a política para colocá-la  ao lado de Netinho, um homem violento e que foi obrigado pela Justiça a sair de casa, depois de ter dado uma surra na própria mulher.
Pois bem, passei a campanha toda injuriado. Ontem, na cobertura da eleição fui à forra. Depois de acompanhar o voto do presidente Lula, em São Bernardo do Campo, fui cobrir o voto de Marta Suplicy, num colégio em São Paulo. A candidata e agora senadora eleita votou e falou em seguida com os jornalistas. Não resisti e perguntei:
- "A senhora votou no Netinho mesmo??"
A resposta veio com uma sonora gargalhada e o comentário:
- "Mas que pergunta é essa...?"
E ficou nisso, Marta Suplicy não disse se votou em Netinho.
Eu aposto que não.


Marta e Netinho comendo pastel durante a campanha

Um comentário: