domingo, 21 de novembro de 2010

A liberdade recuperada - parte 2

Odair Dias Rodrigues, de 26 anos, também foi libertado. Ficou mais de 150 dias preso, acusado de participar do assalto à Rolex, do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Foi o segundo inocente a ser solto pelo Tribunal de Justiça. E ainda faltam outros dois rapazes, entre eles o primo de Odair.
A oportunidade de fazer matérias como esta deixa uma série de marcas para um repórter. A primeira, é a certeza de que fizemos - pelo menos desta vez - um trabalho que presta. Quando o jornalismo ajuda de fato a vida das pessoas, em vez de apenas fabricar manchetes.
A outra marca que fica é que, certamente, existem "muitos Odair" pelo Brasil. Pessoas que a Justiça não enxerga e a imprensa não ouve. Até hoje não me conformo de termos descoberto essa história depois de tantos meses.
No mais, parabéns à família de Odair, que lutou com unhas e dentes durante tanto tempo, apesar de não ter sido ouvida nos diversos telefonemas para jornais e TV's.
Para ver a reportagem sobre a libertação de Odair, clique aqui.

2 comentários:

  1. Fabio mais uma vez muito obrigado, não tenho nem palavras para te agradecer.pq atraz de um reporter sincero consequimos vencer esta batalha de ter a liberdade de meu filho pelo menos até o julgamento e creio em Deus em primeiro lugar e em segundo creio em vc que é humano e pensa como um ser humano e não como um reporter qualquer que só pensa em ganhar nome e prestigio no sofrimento de muitas pessoas, e em vc não, em vc podemos sentir o espirito de humanidade, vc é usado por Deus, pq se não fosse vc meu filho ainda estaria de tras daquelas grades com certeza pq as autoridades não divulgam o que a de errado e deshumano neste pais. parabéns te agradecemos muito de coração vc é um heroi na midia é dificil ter pessoas como vc.

    ResponderExcluir
  2. Fabio mais uma vez obrigado só tenho é que te agradecer e muito, porque o meu sobrinho Marcelo Tadeu Rodrigues também consequiu sua liberdade no dia 21 de dezembro graças a Deus tivemos o previlegio de passar nossas festas juntos,mas continuamos triste porque ainda continua 1 lá, dos 4 que foram presos inocente ainda resta o Ewerton muito triste saber que ele continua preso e também não roubou, como ele já tem passagens na policia não acreditam na inocencia dele. é uma injustiça pagar pelo que não fez. mas Deus sabe quando vai ser a hora dele. te agradeço de coração porque se vc não tivesse nos atendidos todos estariam lá ainda. que Deus te abençõe sempre.

    ResponderExcluir