terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O adeus de Ronaldo

Em vários momentos, nós, repórteres, temos muito o que agradecer. Ontem, foi um desses dias. Acompanhar a poucos metros o anúncio da aposentadoria do atacante Ronaldo foi um momento inesquecível, um privilégio. Entra pra história e fica gravado na nossa memória. Na sala de imprensa do Centro de Treinamento do Corinthians estavam pelo menos 300 jornalistas. E não havia um sequer que não expressava no rosto a admiração pelo jogador. Alguns, pra lá de experientes, chegaram a chorar enquanto Ronaldo falava e não conseguia segurar as lágrimas. Até os pseudo-repórteres (humoristas, piadistas e ex-Big Brothers) ficaram calados e com olhar de admiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário